Disc Jóquei

Posts Tagged ‘Yelle

Não coleguinhas,a Chris nem foi no show e ficou triste por isso. Mas o Mau, meu amigo querido não mais empresário, foi e conta toda a alegria pra gente!

————————————————————-

Mas veja que coisa incrivel, o ultimo show que achei que veria no Brasil esse ano, ironicamente foi o 1º!!Juro que não esperava ver aquela gracinha de francesa  no Brasil tão cedo.

O show começou com uns 40 minutos de atraso,que pelo menos pra mim que fui sozinho e abandonado, poderiam ter sido muito piores se não tivessem mojitos e martinis por perto. Eu tava bem desanimado (a bebida ainda não tinha “chegado lá”), mas tudo isso mudou quando os inconfundiveis “synth bells” de Tristesse/Joie começaram a tocar e a gritaria generalizada começou.Fiz questão de me enfiar no meio da multidão pra pelo menos ver a Yelle (a.k.a Julie Budet) e levei uma cotovelada no nariz, como não sinto meu nariz quando bebo, nem foi tão terrivel, pelo menos o sujeito se desculpou…até demais.

Tristesse/Joie tava com um arranjo bem bem beeeeeem legal (e esse foi só o começo dos arranjos fodas da noite). Depois veio “Mal Poli”, não antes de um “BUA NOITCH SO PAULO!!!”. Em seguida vieram “85a” e “Dans Ta Vrai Vie”, as duas muito boas (com mixagens diferentes ao vivo), pena que o show deu uma esfriada nessa hora, foi um momento meio “fans only” (mesmo sendo o show da Yelle o publico não era exatamente “fans only”). Mas isso logo mudou quando a Julie me solta um “Now it’s time for a love song!” e aquele riff grudento de “Ce Jeu” começou. A banda inteira pontuava bem as palminhas (como no clipe), foi demais!!!!!!

Em seguida foi o hit absoluto que todo mundo que tava ali conhecia ,”Je Veux Te Voir”, com um solo de bateria digno da “unidos da abobrinha verde limão”, parecia o grande pico do show, mas não foi. Depois veio “Jogging” (a musica mais chata da Yelle, mas ficou ótima ao vivo) e “Les Femmes” ,uma musica lenta(bem lenta aliás) mas felizmente”Nossa senhora do arranjo arrazador” jogou seus raios e transformou aquela musica pouco dançante em algo extremamente pulante.

Então veio  o verdadeiro pico, “A Cause Des Garçons”, foi uma loucura (MESMO!). Em seguida “Mon Meilleur Ami” começou com uma introdução bem legal. Quando a musica acabou Yelle disse um “KTHNXBY” e se mandou em ritmo de “beijosmeliga” e o publico ficou com cara de “Q!?”, mas lógico que era uma pequena pausa para o encore grandioso, eles voltaram (depois daquela palhaçada meio Xuxa: “Vocês querem mais?”, “MAIS ALTO!” que todo mundo ainda insiste em fazer) e tocaram “Amour Du Sol” (a unica musica que eu senti falta e ja achava que não iam tocar), quando acabou “Amour Du Sol” avisaram que agora seria a ultima musica “for real”, eu fiquei sem entender quando a Julie disse “for ‘ziz’ one i needzyou to do airguitarrr” (sotaque fofo de Peppe Le Peu: ON), mas entendi logo depois quando começou “Je Veux Te Voir” de novo, mas dessa vez em uma versão “electro-metal-unidos da farofa”, então com um final explosivo o show acabou, dessa vez de verdade, com direito a mil “UBRRIGADU SOM POULO!!”.

Então eu fui embora… e na fila conversei com uma mina que era IGUAL a Mallu Magalhães, se vestia que nem a Mallu Magalhães e talvez realmente fosse a Mallu Magalhães. Acho que não era, mas se era mesmo a Mallu, ela é mais simpática e menos tonta quanto parece.

Resumindo, foi um dos melhores shows do ano COM CERTEZA e foi super bem organizado pelo Glória. O unico ponto negativo foi ter sido em uma 3a (coisa que impossibilitou as pessoas de irem, não é mesmo minha gente?. Foi uma ótima maneira de começar a temporada de shows de 2008, se os proximos shows desse ano forem como esse, teminaremos 2008 no mundo do além, causa: Excesso de diversões!

Alguns links de videos do show:

Ce Jeu

Tristesse / Joie

Dans Ta Vrai Vie

Je Veux Te Voir

Tags:

Confesso que eu conheço muito pouco sobre música francesa, dá pra contar nos dedos da mão. Mas por essa pequena amostra, concluo que muito croissant pode ser prejudicial à saúde.

Se não gostou,fala com a minha mão!